O QUE É MINIMALISMO?

quarta-feira, agosto 31, 2016



O ser humano tem vivido uma grande correria, é muito trabalho, o tempo parece mais curto apesar de ter o mesmo número de horas, o lazer nem sempre parece possível e eu particularmente tenho visto uma necessidade maior de fazer pausas. As pessoas estão começando a tentar desacelerar, a não seguir o mesmo ritmo imposto pela maioria, pela mídia, pelo consumo etc.


Eu já comentei com vocês que tenho procurado mudar muitas coisas, desde que me casei principalmente, entrei em uma rotina de correria que me fez parar para pensar no que eu realmente queria para a minha vida e percebi que eu queria passar mais tempo com o meu esposo, ter mais momentos com ele, mais tempo para participarmos das atividades em que estamos inseridos na igreja, mais tempo em família, mais tempo lendo um livro, pintando um quadro, olhando a natureza, escutando os pássaros, mais tempo vivendo e menos tempo preocupada com trabalho e os afazeres domésticos.
Chegou um ponto em que meu dia estava resumido em trabalhar, chegar em casa e continuar trabalhando, limpando, cozinhando e tentando manter o blog, com isso acabei não conseguindo fazer da forma que eu gostaria e isso gerava um descontentamento. Foi então que comecei a ler o livro Segredos para uma vida excepcional que falei [aqui] e as coisas começaram a mudar dentro de mim. Agora estou lendo outro livro da mesma autora Joyce Meyer e tem mudado ainda mais o meu foco.
Foi então que assistindo alguns vídeos, lendo um pouco eu ouvi e li sobre minimalismo. Na verdade eu vejo conceitos que sempre existiram se tornando moda ou parecendo algo novo, mas na verdade nós que muitas deixamos de lado isso e nos contagiamos com o que nos é proposto.
O minimalismo é considerado um estilo de vida para indivíduos que buscam o mínimo possível de meios e recursos para viver. Contudo, através do modismo, temos visto uma enxurrada de gente mudando para casas menores, vendendo o carro, móveis e etc.


Ao meu ver, minimalismo não é um ritual, mas sim se livrar dos excessos, você trabalha demais e não tempo para quem você ama? Corte o excesso. Você gasta dinheiro com roupas da moda, mas usa sempre as mesmas peças? Pare de gastar, use o que você tem e doe o que você tem deixado parado, afinal pode ser muito útil para outra pessoa. Você não descansa mais? Separe um tempo para ler, pensar, ficar numa rede, fazer uma massagem, seja lá qual for a forma de descanso, mas se permita isso, e se a casa ficar sem limpar, você fará outra hora, mas ao menos terá o prazer de apreciar sua própria companhia.
Creio que a palavra chave seja “se livrar dos excessos”, o que está a mais na sua vida? Acredito que não exista regra para o minimalismo, até porque quando padronizamos um conceito, já deixa de ser natural. Cada pessoa sabe o que é excesso na sua vida, na sua rotina, basta criar estratégias para eliminar esses extras. Pense no porque você quer as coisas, o porque você trabalha tanto, o porque você corre tanto e defina o que realmente tem valor, assim você já identificará o que precisa mudar.
Eu realmente me identifiquei com o minimalismo, mas não esse da “moda”, mas sim aquele que lá na bíblia já no diz: “Portanto, vos afirmo: não andeis preocupados com a vossa própria vida, quanto ao que haveis de comer ou beber; nem pelo vosso corpo, quanto ao que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que as roupas? Contemplai as aves do céu: não semeiam, não colhem, nem armazenam em celeiros; contudo, vosso Pai celestial as sustenta. Não tendes vós muito mais valor do que as aves?”__ Mateus 6: 25-26. Deus nos disse que não temos motivos para viver preocupados porque Ele cuida de nós. “Buscai, assim, em primeiro lugar, o Reino de Deus e a sua justiça, e todas essas coisas vos serão acrescentadas. Portanto, não vos preocupeis com o dia de amanhã...” Mateus 6: 33-34a.
Ansiar por coisas, nos impregnarmos com o consumismo, com o trabalho exagerado, com os afazeres e esquecer do que realmente é importante. Infelizmente é por esse caminho que a maioria tem seguido. Eu estava perdendo o controle do meu dia, até que Deus me mostrou um livro que estava parado na minha estante e nunca havia sido lido, então Ele me mostrou que eu poderia mudar as coisas, me trouxe a lembrança vários versículos que já havia lido na bíblia e eu comecei a mudar.


O minimalismo é só um nome que deram para a vida simples, sem coisas desnecessárias, eu comecei a mudar a minha com pequenos passos:
  • Comecei a tirar um tempo para ler mais livros.
  • Passei a esperar a hora do trabalho na praça em vez de ficar dentro da empresa parada.
  • Adiantei a comida para eu e meu esposo, assim tenho mais tempo com ele, mas ainda tenho que aperfeiçoar mais o cronograma.
  • Passei a superar medos bobos, como o de voltar a dirigir.
  • Comecei a decorar minha casa com coisas que já tenho, customizar e colocar mais cor.
  • Comecei a realizar pequenas metas pessoais diárias que queria pôr em prática.
  • Parei para fazer uma massagem e escutar o barulho do ventilador que tanto amo.
  • Passei a escrever devocionais semanais para estudar e compartilhar mais da bíblia.
  • Entre outros... Mas estou em constante evolução e quanto mais vejo os benefícios de eliminar os excessos, mais vejo a grandiosidade de Deus e o valor da vida.

Esses foram alguns dos excessos ou faltas que identifiquei e mudei, mas cabe a você refletir na sua própria vida e ver se realmente você tem confiado mais em Deus, ou se o anseio por fazer tudo sozinho(a) tem te tirado o melhor da vida.



E vocês, o que pensam do minimalismo?                                                                         

You Might Also Like

1 comentários

  1. Amei o texto que você escreveu! Obrigada por compartilhar, suas experiências! Palavras sábias, dirigidas por Deus! Um abraço, Paula!

    ResponderExcluir

Estou muito feliz com a sua visita, o blog foi feito para você! Não deixe de participar com o seu comentário. Beijos!

Subscribe